Peles e estrias

Como ocorre o tratamento a laser para estrias

Além de ser uma das maiores motivações na busca de tratamentos estéticos, as estrias raramente se tornam problemas médicos significativos. Mas para alguns elas são motivo de constrangimento. Embora seja mais comum a aparição em mulheres, os homens também não estão 100% imunes. Hoje vamos falar um pouco sobre estrias e como o laser age nesse tratamento.

Como surgem as estrias?

A pele, basicamente, se divide entre a camada mais externa que é a epiderme, a média que é a derme e a mais profunda que é a hipoderme. As estrias surgem com o desgaste dessa camada intermediária. Ou seja, ocorrem quando há um estresse na pele  que rompe as fibras de colágeno e elastina. Há também rompimento por condições naturais  como gravidez, obesidade e rápido crescimento.

Porque as estrias surgem?

Um dos principais motivos para o surgimento das estrias  é o ganho de peso , gravidez e atletas hipertrofiados. Por esses mesmos motivos, a pele recebe um estresse maior do que o que pode suportar o que causa o rompimento na camada interna da pele.

Como funciona o tratamento a laser para estrias?

O tratamento consiste em fazer disparos de laser sobre as estrias, causando um leve desgaste no local, de modo que estimule a produção de colágeno e de elastina.

É comum que a região apresente vermelhidão além da pele descascar futuramente, dando lugar à uma nova superfície epitelial. É importante também o acompanhamento pós-procedimento de um dermatologista, para aplicação de medicamentos e a prevenção de alergias.

O tratamento dói?

Isso depende do grau de sensibilidade de cada pessoa, mas no geral a descrição das sessões é tolerável. Em alguns casos é permitida aplicação de anestésicos tópicos, meia hora antes da aplicação.

Há alguma contraindicação?

O uso do tratamento pode se complicar caso haja alguma dessas variáveis, informe-se com o seu profissional: Lupus, problemas de coagulação, vitiligo, doenças fotossensíveis, e mulheres grávidas também deverão evitar o procedimento.

Veja também os diversos usos do laser em tratamentos estéticos.

 

 

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: